Instalação Interventiva Transitória Type Stove 


Arquivo de memória vivo com aproximadamente 170 metros de comprimento recolhido das intervenções onde o projeto Type Stove da Kinguio CasaArtStudio atuou.


O público participante é quem escreve no pergaminho da máquina de escrever. O arquivo de memória vivo foi construído através das intervenções realizadas pelas artistas Daniela Pinheiro e Patricia Camelatto em espaços urbanos e rurais realizadas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul ; com as temáticas: Alimente suas palavras; Putas Palavras (Daspu); A máquina e seus ruídos; Palavras Líquidas (sopa de letrinhas); Ouço passar o vento; Muda o que muda, passa o que passa? Palavras viajam, nos lançamos ao mar - Palavras Navegantes e Palavras Terra.


O projeto é um esqueleto de fragmentos abertos, um processo criativo que não se esgota na realização de um objeto.


A instalação propõe um universo sonoro que se desloca no espaço expositivo, intercalando três texturas sonoras criadas pela compositora Kika Simone ao longo do processo do projeto. Uma mescla de ruídos de sons captados de diversos lugares que a máquina transitou; são variações e texturas que procura nos inserir por onde as ondas fluem.


A última intervenção realizada para o projeto Type Stove foi Palavras que Uivam. 

A instalação interventiva transitória Type Stove neste formato aconteceu de um modo mais experimental. Palavras recitadas e escritas, som experimental e imagens. Além das artistas criadoras do projeto Daniela Pinheiro e Patricia Camelatto, Palavras que Uivam contou com a participação dos poetas Bruno Pastore e Luis Felipe Lucena e com os músicos Romes Pinheiro e Rafael Cab. 


Criação - Daniela Pinheiro e Patricia Camelatto

Fotos do projeto - Daniela Pinheiro

Produção - Kinguio CasaArtStudio

info
×

video do projeto Type Stove

info
×
Using Format